Poupança

Comece já a poupar com o cartão refeição

Não perca mais tempo, leia este texto e descubra todas as vantagens do cartão refeição. Comece já a poupar!

Autor convidado Autor convidado , 30 Julho 2019

Sente que os seus colaboradores estão menos motivados nos últimos tempos? Já começou a adotar estratégias para aumentar a produtividade? E se lhe dissermos que, ao pagar o subsídio refeição com cartão refeição, consegue não só colaboradores mais felizes, como uma maior poupança para a sua empresa? Não perca mais tempo, leia este texto e descubra todas as vantagens do cartão refeição.

As pessoas são, sem dúvida, o motor do sucesso das empresas, mas mantê-las motivadas nem sempre é tarefa fácil. A produtividade é fundamental para atingir os melhores resultados e, nesse sentido, o papel do empregador é importantíssimo. E na sua empresa, sabe como manter os seus colaboradores empenhados e com vontade de fazer mais e melhor? Se ainda atribui o subsídio refeição em dinheiro, essa pode ser a primeira coisa a mudar. Descubra as vantagens do cartão refeição e comece já a poupar.

Como é que o cartão refeição aumenta a produtividade dos colaboradores?

Neste momento, imaginamos que esta seja a sua principal questão e a resposta é simples. Com o cartão refeição, está a aumentar o poder de compra e a qualidade de vida dos seus colaboradores. Até ao valor máximo de 7,63€ por dia, o colaborador fica isento do pagamento de IRS e TSU. Já para quem recebe este benefício social em dinheiro, a isenção verifica-se apenas até aos 4,77€ diários.

No entanto, e para entender melhor as características do cartão ou título refeição, importa referir que, como benefício social, este tem de responder a alguns requisitos legais obrigatórios. Em Outubro de 2018, foi transposta para Portugal a Diretiva Europeia dos Serviços e Pagamentos DSP2 que veio, precisamente, enumerá-los. Enquanto título social, o cartão refeição tem de:

- Ser utilizado exclusivamente em Portugal;

- Ser fornecido apenas quando é solicitado por uma empresa pública ou privada;

- Ser utilizado exclusivamente para a aquisição de refeições ou produtos para a confeção das mesmas. Desde que estes sejam adquiridos em estabelecimentos da rede credenciada (variável consoante a entidade emissora do cartão).

Desta forma, e tendo estas premissas garantidas, é a poupança que se destaca entre as vantagens do cartão refeição. Todavia, há muito mais a ganhar com este benefício social.

Consoante a entidade emissora do título refeição, é bastante comum que, associado ao cartão, haja um leque variado de descontos. A aplicação para consulta de saldos e movimentos em tempo real também é uma realidade cada vez mais usual. Algumas destas apps oferecem, ainda, funcionalidades adicionais como:

- Pesquisa de restaurantes da rede credenciada, através de sistemas de geolocalização;

- Promoções variadas em restaurantes e outros serviços;

- Centralização de todos os cartões refeição (desde que da mesma entidade emissora) num único registo e app.

A empresa pode mesmo poupar com o cartão refeição?

Uma vez motivados, os seus colaboradores, é hora de falar das vantagens do cartão refeição para a sua empresa. Além do aumento da produtividade, o pagamento do subsídio refeição através de cartão ou título refeição significa poupança garantida. Mais uma vez, até ao valor máximo de 7,63€ diários, a sua empresa tem isenção total de TSU. Já está a fazer as contas? Para entidades com 10 colaboradores, por exemplo, e com este valor de subsídio refeição (a 23,75% TSU) a poupança equivale a 1 569.07€ por ano.

Do que está à espera? Comece já a poupar e opte por disponibilizar aos seus colaboradores, o subsídio refeição em cartão.

Em Portugal, o mais utilizado é o Euroticket Refeição, com mais de meio milhão de utilizadores e mais de vinte e um mil estabelecimentos parceiros

Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #cartão refeição

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *